Autoestima

Oi, eu sou a Fran e vou começar o post de hoje. Não é segredo que nós mulheres temos uma tendência a sermos vaidosas, algumas mais e outras menos, mas todas de alguma forma somos. Cuidamos das unhas, da pele, do corpo, mas somos unânimes quando se trata do cabelo. Talvez essa seja uma das coisas mais impactantes para uma mulher quando se é dada a notícia da quimioterapia e gostaria de contar como foi a experiência da minha mãe.

Em 2012, na primeira quimioterapia já esperávamos que o cabelo fosse cair, então já nos preparamos, pois era a quimio vermelha.  Ela não queria usar lenço de jeito nenhum, então meus tios a levaram para comprar uma peruca de fios naturais em outra cidade. Corte e cor parecidos com o estilo dela. Minha mãe era super vaidosa e conhecida por sempre andar  “chique”. Tinha os cabelos vermelhos na altura dos ombros, usava sempre vários acessórios, maquiagem e no guarda-roupa dela sempre tinha calças de linho, vestidos e saias longas.

Passou a primeira quimioterapia e o cabelo começou a crescer. A autoestima da minha mãe ainda era muito baixa e ela não aguentava mais usar a peruca, pois de vez em quando tinha dores de cabeça por conta do elástico e também era muito quente em dias de sol. Até a maquiagem ela deixou um pouco de lado durante esse processo, não tinha vontade de se arrumar .Conforme o cabelinho foi crescendo, ela teve vontade de tonalizar ( coloração sem amônia )e eu apoiei.

Um ano e meio depois, veio a notícia que o câncer tinha voltado e ela teria que fazer quimioterapia novamente. A primeira coisa que ela perguntou foi: O meu cabelo vai cair de novo? O médico disse que não cairia tanto, pois era uma medicação diferente da quimio vermelha. Não foi bem isso que aconteceu. As sessões eram semanais e foi caindo aos pouquinhos.

Um certo dia, era um sábado a tarde, ela foi tomar banho para ir à missa. Eu estava no meu quarto, quando de repente, ela veio até mim, nua e chorando. O cabelo dela havia caído no banho enquanto ela passava o shampoo, mas estava todo cheio de nós e ficou ‘’ pendurado” na cabeça. Ela estava desesperada, pois achava que não ia cair por completo. Aquele dia meu coração se partiu em pedaços, tive que me segurar pra não desabar na frente dela, então engoli as lágrimas.

Com calma e paciência fui com ela pra debaixo do chuveiro e tentei de todas as formas tirar os nós pra tentar salvar o máximo de cabelo possível. O que não aconteceu, pois a maior parte já havia caído. A única forma era cortar os nós. Ela pediu que cortasse depois de ver que eu não estava conseguindo, disse iria raspar de novo e dessa vez usar lenços.

Depois desse episódio, fui atrás de tutoriais na internet de como amarrar os lenços, mostrei pra ela vários jeitos, vários looks, várias pacientes usando lenços, bem maquiadas e arrumadas.  Ela gostou e desde então, só usava os lenços. As pessoas que a conheciam sempre a elogiavam, dizendo que ela estava muito estilosa e chique, e como ela ficava bonita quando usava os lenços.

Eu sou a Gaby e vou continuar contando como foi com a minha mãe. Antes de começar a quimio começamos a procurar perucas, e até mesmo consideramos a opção de fazer uma sob medida, eu tinha decidido que iria cortar o meu cabelo pra fazer a peruca dela, mas os preços logo nos desanimaram. Aí eu lembro que fui ao supermercado e logo que entrei vi uma mulher com dois filhos pequenos, eu juro que ela parecia um anjo de tão linda que era! Ela usava um lenço cinza e rosa, tinha os olhos azuis, quando a vi sorri para ela. Quando cheguei em casa contei pra mãe dessa mulher e a convenci que ela também ficaria linda de lenço. No começo ela tinha receio, de chamar a atenção, uma certa vergonha da própria condição de saúde, mas logo isso tudo mudou.

Ensaiamos algumas vezes como amarrar o lenço, assistimos alguns vídeos no youtube também. O cabelo dela era comprido e antes de começar a quimio cortou chanel e depois da primeira sessão o deixou curtinho, mas logo caiu tudo. No dia que caiu o cabelo dela, ela me chamou pra amarrar o lenço, naquele instante eu também engoli o choro e ajeitei com todo cuidado. Logo em seguida olhei pra ela e disse “Você está linda!”.

É extremamente importante dar esse apoio moral, elogiar e buscar opções que deixem a sua paciente confortável.

Assim como a mãe da Fran, a minha também era supervaidosa! Não teve um dia na vida que eu a tenha visto sem maquiagem, inclusive durante o tratamento de quimio.

Outra coisa que aconteceu com nossas mães, foi que durante a quimio as unhas das mãos e dos pés ficaram muito fracas – algumas ficaram ocas e outras caíram. É importante lembrar que não se deve tirar cutículas após iniciar o tratamento de quimio e evitar qualquer tipo de corte, pois aumenta os riscos de infecção e até hemorragia. E essa é uma dica pra quem não tem câncer: não tire cutículas! Elas são uma defesa do seu organismo e devem ser bem cuidadas apenas.

Dicas pra cuidar melhor de sua paciente:

  • Busque alternativas de lenços e formas de amarrá-los. (Confira nossos links abaixo)
  • Se usar lenços, dê preferência para lenços de algodão.
  • Se usar perucas, procure alguma que a faça sentir bonita e o mais natural possível.
  • Faça as unhas de sua mãe. É simples e é um momento único pra guardar no coração.
  • Faça um mini spa em casa, compre óleos e cremes para massagens (cuidado com os perfumes, durante a quimio podem causar enjoos!). Trate sua mãe como ela merece ser tratada: sua única rainha no mundo.

Links com tutoriais de lenços e perucas

https://www.youtube.com/watch?v=xczfby6Af7k

https://www.youtube.com/watch?v=Evm9RbotkAw&list=PLUMDp5Gjou2UgYYagu81ZCQshAuNtChny

https://www.youtube.com/watch?v=muTHtxRbkEE&list=PLUMDp5Gjou2UgYYagu81ZCQshAuNtChny&index=3

https://www.youtube.com/watch?v=TiAWXAILlqs&index=4&list=PLUMDp5Gjou2UgYYagu81ZCQshAuNtChny

Outras dicas legais para ajudar outros pacientes com câncer:

  • Procure Bancos de Lenços para doar os lenços que ela não quiser mais.
  • Se resolver cortar o cabelo, doe para algum Banco de Perucas.

Aqui tem alguns links de grupos que recebem doações:

https://www.facebook.com/bancodasolidariedade

https://www.facebook.com/cabelegria

https://www.facebook.com/GrupoAcreditar

http://www.cepon.org.br/

Esses links são bem bacanas sobre cuidados na quimioterapia e dicas de beleza:

http://quimioterapiaebeleza.com.br/

http://www.bancodelencos.com.br/

Se alguém viveu isso com o pai e quiser compartilhar como foi a experiência é só mandar um e-mail para nós que iremos publicar aqui também!

Com carinho,

Fran e Gaby.

PS: De coração desejo que aquela mulher que vi no supermercado esteja curada e vendo seus filhos crescerem com saúde e amor. – Gaby.

Mães

Nossas rainhas!

Anúncios

Um pensamento sobre “Autoestima

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s